Bares e Restaurantes: GUIA COMPLETO PARA ESCOLHER O MELHOR SISTEMA PARA RESTAURANTE.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Como saber se você precisa de um sistema para restaurante?

Existem 3 categorias de empreendedores no segmento de food service:

O primeiro é aquele que julga não precisar de um software para o seu restaurante.

Nessa categoria, encontram-se pequenos empreendedores que acreditam que uma caderneta e uma calculadora já é o suficiente. Às vezes ainda se aventuram em um planilha de Excel para controlar algumas informações do seu negócio.

E não tem problema nenhum ser assim. Se eles estão se sentindo bem com essa escolha, ótimo! Agora pensa comigo: você acredita que eles vão sair do lugar? Pode ser que sim, pode ser que não, mas o processo será bem mais complicado.

O segundo empreendedor sabe que precisa de um sistema. Ele vai em busca no mercado, entretanto não pensa a longo prazo. Portanto,por não possuir nenhum outro critério de decisão, realiza suas escolhas baseadas apenas no preço, optando pelo software mais barato.

Felizmente, existe o terceiro empreendedor. Você! O visionário  que sabe que precisa de um sistema para dar aquele UP em seu restaurante, que entende que ter um foguete não é o suficiente para fazer uma viagem espacial, é preciso ter o combustível.

E foi a busca por esse combustível que te fez chegar até aqui!

Antes de mais nada te digo: Seja bem-vindo! Esse artigo foi feito pra você.

Através desse conteúdo, quero lhe ajudar nesse processo de escolha do melhor sistema pro seu food service.

Sei bem que as opções do mercado são amplas, basta pesquisar aí no Google: “sistema para restaurante” e ver a quantidade disponível no mercado.

Por isso, é necessário que você fique atento e leia, ou melhor, devore  esse texto quantas vezes for preciso para fazer a escolha certa.

Neste artigo você vai ver:

  • Os 15 sinais de que você precisa urgente de um sistema para restaurantes.
  • Por que investir em um programa para food service de qualidade é importante para os seus resultados.
  • As perguntas essenciais que você precisa fazer antes de escolher o software do seu restaurante.
  • Quais as funcionalidades que um bom sistema precisa ter?

Ao longo desse conteúdo vou te presentear com um super bônus, uma planilha que vai auxiliar na triagem dos softwares, por fim irei revelar como um sistema tem ajudado mais de 3 mil empreendedores de food services espalhados pelo Brasil. Continuemos em frente.

Pra quem é esse conteúdo?

Se você é dono de uma lanchonete, pizzaria, food truck, cafeteria, bar, pub, ou até mesmo de um quiosque e acha que esse texto não serve pra você, está totalmente enganado!

A verdade é que um bom software consegue se adaptar a diferentes formatos de negócio.

O que pode acontecer é que um restaurante maior pode precisar de uma funcionalidade que um de médio ou pequeno porte não precise, mas no geral, os cuidados  no processo de escolha devem ser os mesmos.

Por tanto, esse conteúdo tanto é pra quem está abrindo algo no segmento de alimentação, quanto para quem já está há muito tempo no mercado e pensando em trocar de sistema.

Quer saber  como escolher o melhor sistema para seu food service?!

Então vem comigo que eu vou lhe mostrar o passo a passo!

15 sinais de que você precisa de um sistema para restaurante urgente

Vamos direto ao ponto:


1° Você trabalha sem descanso e não vê o retorno financeiro do seu negócio;

2° os pedidos ainda são feitos manualmente;

3° não há uma gestão de estoque decente do food service;

4° falta de adequação as normas fiscais;

5° não consegue entender direito como sua produção funciona;

6° tem dificuldade de precificar seus produtos;

7° não faz ideia de como está a saúde financeira da sua empresa;

8° os clientes reclamam do atendimento;

9° você não consegue ficar distante um dia sequer da sua empresa, pois teme que o negócio não funcione direito sem sua presença;

10° não possui um bom plano de negócios por não ter informações suficientes e relevantes do seu restaurante;

11° há um baixo fluxo de clientes enquanto os concorrentes estão com a casa cheia;

12° falta de planejamento da produção diária na cozinha;

13° falta um demonstrativo de resultados para saber no final do mês onde pode melhorar;

14° você não dispõe indicadores do seu negócio;

15° falta de controle sobre o fluxo de caixa.

Se identificou com algum desses pontos? Então liga o motor e vamos avançar.

Por que investir em um bom sistema para restaurante?

Ter um carro ou uma moto é o suficiente para chegar ao seu destino? Se seu veículo estiver sem gasolina, você conseguiria sair de casa nele?

É lógico que não!

O sistema funciona para o restaurante assim como o combustível para o automóvel, você pode até ter o veículo, mas sem a gasolina, não consegue sequer dar partida. 

Da mesma forma, você pode até fazer as melhores comidas, ter uma ótima localização, um excelente ambiente, mas sem o software adequado pro seu food service, além de ficar estagnado, você pode perder dinheiro ou até mesmo falir

Como todo novo caminho precisa de uma rota, este artigo será seu GPS, para que você não corra o risco de estar entre os 62% dos empreendedores que encerraram suas atividades ainda nos 5 primeiros anos de vida por não estarem devidamente atualizados com respeito às tecnologias do setor.

A importância de contar com uma boa ferramenta….

Está ligada principalmente aos fatos de automatizar processos, registrar informações e gerar meios de mensurar resultados de maneira mais fácil.

 Em outras palavras, eles ajudam você a padronizar processos do dia a dia, tornando-os mais simples com economia de tempo e recursos, além da redução de desperdícios.

Além disso, um bom sistema fiscal também é fundamental para profissionalizar a gestão do estabelecimento.

Com ele, é possível organizar melhor as finanças e otimizar a parte mais burocrática do trabalho, dando tempo para que os gerentes se ocupem com tarefas críticas da gestão do restaurante.

E eu quero começar esse percurso com você respondendo uma pergunta, ou melhor 8…

8 perguntas que você precisa fazer antes de escolher o software de restaurante?

A escolha por um sistema para restaurantes nunca deve ser feita no impulso.

É importante ter certeza de que a solução será efetiva para o negócio, para não pagar caro por um produto que não resolve os seus problemas.

Além disso, o suporte técnico e a qualidade do atendimento também são quesitos essenciais que precisam ser considerados nesse tipo de aquisição.

Então, antes de você decidir, considere algumas questões que ajudarão a fazer a melhor escolha, de acordo com os objetivos do seu negócio e com a sua possibilidade de investimento.

1° O software atende as necessidades do meu restaurante?

A primeira coisa que precisa ser compreendida é que existem diferentes tipos de sistemas, cada um com um foco de atuação, um tipo de objetivo, uma forma de operar e também aqueles elaborados a partir de empresas fornecedoras que contam com dinâmicas distintas.

Na primeira pesquisa pelo mercado, é interessante verificar quais são os sistemas que conseguem cumprir a demanda do seu negócio. Não existe uma opção que será melhor em todos os tipos de situações. 

Restaurantes menores têm problemas e desafios completamente diferentes de quem já opera em uma rede com filiais, por exemplo.

O mais importante é comparar as funcionalidades com as necessidades da empresa.

Por isso, ao buscar um sistema fiscal para food service, tenha o cuidado de selecionar uma empresa que tenha expertise comprovada na área e que oferte produtos alinhados tanto com o seu tipo de negócio quanto com o seu perfil de gerenciamento.

Pesquisa e experimentação nessa hora são fundamentais.

Por fim, uma vez resolvida a questão, poderá ver como a sua operação diária dará um salto no que diz respeito à qualidade dos processos e também quanto à agilidade deles.

2° Vou ter assistência técnica e suporte?

Imagine a seguinte situação. Já são 23h de um feriado, sua casa está cheia e de repente, tudo para de funcionar!

Você faz contato com a assistência técnica do seu software e ninguém lhe atende por não haver funcionários de plantão, ou seja, está completamente desamparado pelo fornecedor.

É uma situação bem difícil não é mesmo?

Para evitar isso, certifique-se de que a empresa oferece assistência técnica e suporte e se os horários deles são compatíveis aos do seu restaurante.

Caso seja um fornecedor que atenda nacionalmente, e a sede da empresa não seja em sua região, pergunte como funciona o atendimento e suporte em outros estados.

3° Existe um programa de capacitação ou treinamento?

Gestores mais tradicionais normalmente tendem a ter resistência a mudanças, sejam elas quais forem.

Contudo, em um mundo digital onde tudo parece girar cada vez mais rápido, quem não consegue se adaptar acaba perdendo a competitividade e vendo seus resultados minguarem.

Muitas vezes a maior barreira está em aprender uma nova habilidade ou verdadeiramente assumir uma ferramenta mais moderna.

Se você tem esse receio, mantenha a tranquilidade pois, a cada dia, todas as empresas, especialmente as de tecnologia, estão cada vez mais preocupadas em tornar os processos e os treinamentos mais fáceis de serem assimilados.

Dica: Restaurante na era digital – Como satisfazer clientes exigentes?

Basta lembrar que, antigamente, tanto equipamentos, quanto sistemas para restaurante vinham com manuais gigantes ou precisavam ser comprados em conjunto com cursos para serem utilizados.

Hoje, porém, quase tudo é operado com poucas linhas de instruções.

Mas, por mais intuitiva que seja a opção escolhida, é recomendável checar se existe um programa de capacitação ou treinamentos, mesmo que sejam apenas uma série de vídeos curtos explicando as funcionalidades e a operação do sistema.

Por ser uma ferramenta de trabalho, é importante que o time já tenha uma noção básica antes de começar a utilizar o software na prática. 

Naturalmente, quanto mais experiência, melhor a produtividade da equipe com o sistema, mas não vale a pena correr o risco de comprometer um dia de trabalho enquanto os colaboradores tentam aprender a utilizar a ferramenta na tentativa e erro.

Por fim, os treinamentos são rápidos e fáceis de serem realizados. Tudo sem muita complicação e orientados a colocar logo em prática as ferramentas em questão.

4° O fornecedor do sistema de food service possui credibilidade no mercado?

Sites como o Reclame Aqui, Google, as redes sociais da empresa, são locais fáceis e rápidos para encontrar a reputação do software que você está buscando.

Então, não se deixe levar por uma propaganda bonita.

Tem uma frase que eu gosto muito: “Observe o que a pessoa faz, não o que fala”, ou seja, o site da empresa pode vender um produto perfeito, mas algumas vezes ele não condiz com a experiência do consumidor.

Por isso, pesquise bastante, converse com outros clientes, pergunte como o sistema está ajudando ele no crescimento da empresa e quais pontos que o sistema deixa a desejar.

Para facilitar sua vida, elabore um roteiro com as principais dúvidas, faça – as tanto para o fornecedor, quanto ao usuário do programa e depois compare-as.

Dessa forma, busque ter claro cada informação para fazer a escolha certa.

5° Ele possui uma interface intuitiva?

Por mais que seja complexa e grande a estrutura interna de um sistema para restaurante, com integração de ferramentas, computação em nuvem, validação de protocolos e todo tipo de procedimentos…

Ele sempre tem que ser programado para promover uma relação de simplicidade em sua utilização.

Pense bem: quantos aplicativos você tem em seu smartphone que usa todo dia e nunca precisou ter nenhuma aula ou curso para poder manusear?

O que parece é que, de uma maneira ou de outra, já sabemos usar cada um deles.

A verdade é que esse pensamento não está errado.

Como já temos uma vida digital bastante movimentada, as soluções de usabilidade que são encontradas por alguns programas acabam sendo compartilhadas por outras e aí tudo fica mais natural. 

Para funcionar bem um bom programa para restaurante não precisa ser complicado, basta ser eficaz, como já dizia Leonardo da Vinci: “A simplicidade é o último degrau da sofisticação”. 

6° O sistema para restaurante conta com uma operação dinâmica?

Ao escolher um programa que condiz com a sua necessidade e padrão de operação, a rotina do restaurante certamente fica mais dinâmica.

Seu controle de estoque se torna cada dia menos uma dor de cabeça e cada vez mais uma ferramenta estratégica de gestão. 

Seu financeiro deixa de ser calculado com lentidão e, mais importante, sem os enrolar vez ou outra acontecem quando a operação é manual.

Você deve também pensar na experiência dos clientes. Imagine um sistema mais fácil, de pagamento ágil e rápido.

Assim, eles terão a chance de desfrutar de um atendimento mais agradável tendo seu tempo de espera diminuído à medida que a cozinha começa o preparo das refeições sem demora.

Além disso, a possibilidade da troca da ordem dos pedidos que chegam é eliminada.

Isso quer dizer mais agilidade e qualidade nos serviços.

Significa também que o tempo médio de rotatividade das mesas diminui e que o volume do tíquete médio, ao mesmo tempo, pode aumentar, visto que os pedidos saem com menos tempo de espera.

7° Posso ter acesso às informações do meu food service por app ou plataforma online?

“Informação é crucial. Nunca vá para a batalha sem saber o que pode estar contra você.” ( A arte da guerra – Sun Tzu)

Correr riscos é uma característica bastante comum entre empreendedores. Porém, alguns podem ser evitados, vou explicar.

Quando você vai fazer uma viagem, especialmente para um local totalmente desconhecido por você, qual sua primeira atitude? Tenho certeza que é buscar informações.

Quanto mais conhecimento você tiver, mais seguro se sente, não é mesmo?

E quando você chega ao seu destino, deixa de buscar informações porque pensa que já sabe de tudo? Bom, acredito que não, até porque não é a melhor decisão.

Antes de abrir um negócio, é comum que os empreendedores pesquisem e estudem um pouco sobre o ramo em que deseja atuar, mercado, concorrência, público-alvo, fornecedores,etc. Possivelmente você fez isso antes de iniciar o seu.

Ao mesmo tempo, é comum que alguns deixem de fazê-lo depois que começam a operar, tomados pela correria do dia a dia, acabam se deixando levar pelas inúmeras tarefas e postergam dados importantes do seu food service.

Assim como você não larga o celular, ou o guia de informações quando viaja a um lugar desconhecido, acompanhar o que acontece em seu restaurante diariamente é essencial para não se perder em seu próprio negócio.

Por isso, ter acesso a essas informações na palma da mão, há qualquer hora e em qualquer lugar é essencial para não ter que lidar com surpresas desagradáveis.

8° O software integra todas as áreas do restaurante?

Quais as consequências quando não há uma integração na gestão do food service?

  • Ruptura de estoque;
  • atendimento lento;
  • erros nos pedidos;
  • imprecisão na gestão financeira; 
  • falhas no controle de compras
  • falta de tempo e dados precisos para planejar o crescimento da empresa.

Algo bastante frequente em restaurantes é a falta de diálogo dos seus departamentos, por exemplo: 

O funcionáro da cozinha vai ao estoque pegar um determinado ingrediente,mas não dá baixa no sistema. O que vai acontecer? A temida ruptura de estoque.

Ao não dar baixa no sistema o setor de compras não é acionado, ou seja, quando acabar o produto eles não vão saber, pois o controle não está sendo feito.

Por outro lado, quando você faz o controle das operações de produção, a gestão de compras e estoque fluem e a gestão financeira ocorre de forma mais eficiente e equilibrada.

E se você contratar um bom sistema para restaurante, quais benefícios terá?

1. Redução de erros

Contar com um bom sistema auxilia, principalmente, na redução de erros e de demanda de mão de obra durante a execução dos processos.

Isso porque, como dissemos, a maior parte das ações será automatizada. Ou seja, dificilmente erros de fornecimento de informações ou mesmo de digitação ocorrerão.

Assim sendo, você também consegue perceber a diminuição do índice de retrabalho, um aspecto que fatalmente faz restaurantes perderem tempo e dinheiro.

Dica: Como um sistema de automação pode reduzir o desperdício de alimentos?

2. Mais agilidade

Todos os profissionais ganham com mais agilidade no atendimento, produção e fechamento de pedidos. Por sua vez, seus clientes fortalecem mais a confiança e sentem tranquilidade.

A partir do momento que você tem o controle total de informações, você e sua equipe ganham tempo para executar outras ações e entregar o melhor para o seu público.

Portanto, a otimização permitirá que o seu estabelecimento cresça dentro do mercado.

Afinal de contas, o tempo que você antes gastava para realizar todas as ações pertinentes à rotina do seu restaurante, agora será direcionado para outras coisas igualmente importantes.

3° Centralização de processos

Um dos maiores desafios de quem não conta com um sistema fiscal para restaurantes que seja eficaz é que todas as tarefas ficam espalhadas. Nesse sentido, há uma planilha de estoque, outra de finanças, um programa de atendimento, etc.

Uma das vantagens de contar com uma solução completa e integrada é que você centralizará todas as tarefas em apenas um lugar.

Desde a gestão de estoque até o gerenciamento financeiro, todos esses processos estarão reunidos, ou seja, você tem a chance de controlar tudo em um só programa, o que tornará o seu dia a dia bem mais ágil.

Dica: Automação de restaurantes – 4 vantagens que você não pode negar!

4. Melhoria da experiência do cliente

Se você acerta na escolha do melhor sistema especificamente para o seu restaurante, a experiência do cliente também é afetada positivamente.

Isso porque as operações integradas permitem que você atenda seu público de forma mais rápida e eficaz.

Por exemplo, quando você tem um gerenciamento do estoque por meio de um software, dificilmente deixará de saber quando uma matéria-prima está prestes a acabar.

Assim sendo, sua cozinha nunca ficará sem os itens necessários para produzir os pratos do cardápio.

Isso faz toda a diferença não só para a experiência do cliente, que é um dos pontos principais para o sucesso de qualquer estabelecimento, mas também para o seu faturamento.

5° Otimiza a gestão de estoque,compras e o poder de barganha com o fornecedor

Uma boa gestão de estoque e compras garante mais qualidade em seu serviço, evita o desperdício, reduz perdas e otimiza a gestão financeira, além de aumentar a possibilidade de negociação com os fornecedores.

Através de relatórios, você pode provar ao seu fornecedor que comprou uma certa quantidade em um determinado período, ou seja, provar que possui um volume de compras.

Com essas informações em mãos, é possível solicitar descontos, parceria para alguma ação específica, patrocínio para uma placa e até mesmo um freezer.

6° Relação Custo-benefício

Ao levarmos em conta todas as vantagens que um sistema fiscal para restaurantes oferece, seu custo-benefício talvez seja o ganho mais expressivo.

Tenha em mente que o software otimizará vários processos em seu negócio, e isso impedirá que você tenha custos desnecessários.

Por exemplo, com a agilidade dos pedidos, o seu ticket médio e volume de vendas aumentam.

Como consequência, o seu faturamento também cresce. Isso significa que todo o investimento que você fez para obter a ferramenta refletirá de maneira positiva no seu empreendimento.

Principalmente a longo prazo, quando a gestão mais eficaz fará toda a diferença diretamente na experiência do cliente.

Para conseguir usufruir ao máximo de cada um desses benefícios, seja de ordem prática, econômica, da satisfação dos seus clientes, de uma gestão mais estratégica ou ajudando o seu pessoal a conseguir entregar um serviço de melhor qualidade, o que você precisa é encontrar a ferramenta mais adequada.

Dessa forma, se você quer ter sucesso no entendimento do que realmente seu restaurante precisa, é necessário uma boa compreensão das funcionalidades e ferramentas disponíveis.

7° Aumenta a produtividade dos funcionários

O garçom anotou o pedido em sua caderneta no salão, logo depois vai ter que ir até à cozinha entregá-lo. Só nesse processo há a possibilidade de ocorrer 3 situações:

  • A anotação se perder pelo caminho
  • A possibilidade de erros no lançamento dos pedidos
  • O tempo perdido para fazer o deslocamento até a cozinha

Ao usar um smartphone ou tablet na hora da venda, o atendente faz o pedido da mesa, envia para a cozinha sem precisar sair do lugar, economiza tempo, reduz a possibilidade de estresse e consequentemente produz mais.

Na cozinha, todo processo também é acelerado, não será necessário perder tempo tentando entender a letra do garçom, ou correr o risco de misturar os papéis e acabar atrasando demais em algum pedido.

Todas as áreas do food service são beneficiadas com o uso de um bom software, o que favorece muito o trabalho e a qualidade de vida dos seus funcionários. Pois ao entregá-los ferramentas boas e assertivas, eles produzem mais e melhor.

Dica: Como aumentar a produtividade na cozinha do restaurante?

8° Retorno sobre o investimento

Se você necessita de um carro 4×4, um fusca vai resolver seu problema? Se seu carro funciona apenas à gasolina, colocar gás vai fazer ele andar?

Tenho certeza que algo que está pesando muito na escolha do software para o seu food service é o valor, mas deixa eu te contar uma coisa. Não importa o preço do produto, não interessa se você vai comprar um 4×4 ou o fusca.

Se ele não atender as suas necessidades, não vai adiantar de nada, ou seja, você não verá nem metade do que investiu, pois o sistema comprado não era que seu restaurante realmente precisava.

Dessa forma, vale ressaltar que o sistema mais adequado para seu restaurante é aquele que atende as suas necessidades,e ao estar alinhado a uma boa administração e estratégias, ele cumpre seu papel e se paga com o tempo.

Antes de ir ao próximo tópico, se você quer saber mais sobre os benefícios de escolher um bom sistema para restaurantes, sugiro que você assista o vídeo que vou deixar aqui em baixo e confira o depoimento dos donos do restaurante Tomate Cereja:https://www.youtube.com/embed/gejaCt1cUAQ?feature=oembed

Conheça as 6 funcionalidades indispensáveis que um sistema para restaurante deve ter

Esse é o momento de definir suas escolhas com base nas características que cada sistema tem para oferecer. Isso ajuda a classificar os recursos que a ferramenta “deve ter” para “seria bom ter, mas não é necessário”, pois essa definição é o que colabora para determinar o melhor sistema em geral para suas necessidades.

Portanto, o objetivo é encontrar uma solução que inclua todas as funções específicas para o seu restaurante. Para tanto, aproveite e use seguinte lista de verificação que ajudará você a determinar os recursos que são mais importantes.

1° Integrar com aplicativos delivery

Está cada vez mais difícil de achar alguém que ao menos uma vez não tenha consumido através de aplicativos delivery.

Em uma pesquisa realizada pelo Instituto Qualibest, 81% dos internautas já encomendaram ou contrataram algum tipo de serviço/produto através dessas ferramentas. Gastando em média R$ 38,00 por pessoa/refeição.

Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes ( ABRASEL), em 2019 o delivery no Brasil faturou R$ 15 bilhões, um aumento de 20% em relação a 2018. A expectativa é que em 2020 chegue aos R$ 18 bilhões.

“O delivery não substitui a ida ao restaurante, substitui o preparo dos alimentos em casa. Essa mudança desvia mais recursos da compra de alimentos in natura do que a ida ao restaurante”  Fonte

Há donos de restaurante que não gostam do delivery por causa do preço das taxas cobradas, porém, não dá para negar que a visibilidade que eles dão as empresas cadastradas é imensa. 

Eu mesma já conheci alguns restaurantes por meio de apps de delivery que sequer sabia da sua existência. A experiência foi tão boa que fui visitá-los pessoalmente.

2° Gerenciar estoque com suporte a controle de insumo

Por exemplo, seu restaurante funciona também como pizzaria que usa diferentes ingredientes para cada pizza. Será preciso que o sistema tenha capacidade de rastrear inventário para cada ingrediente que leva na pizza?

Algumas soluções oferecem gerenciamento de estoque em tempo real, que informa quando é hora de fazer um pedido e mantém a conta daquilo que você mais usa.

Além dessas funcionalidades que você deve checar sua demanda antes de adquirir um sistema para restaurante, é importante verificar também se:

  • a ferramenta conta com abertura para novas implementações, pois quem evolui o sistema é o próprio cliente;
  • você precisa que seus garçons façam pedidos através de tablets ou smartphones;
  • é importante a capacidade de imprimir na cozinha;
  • você quer vender itens por peso, com balança integrada;
  • existem outros requisitos que você gostaria de adicionar.

A verdade é que todos os negócios são únicos, portanto certifique-se de fazer referência à sua lista de funcionalidades indispensáveis ​​em um sistema fiscal para restaurantes que serão personalizadas especificamente para o seu caso.

3° Cardápio digital

cardápio digital torna suas vendas mais eficientes, por isso ele não pode faltar, é obrigatório? Não! Mas é indispensável para:

  • Agilizar a operação;
  • impulsionar as vendas;
  • proporcionar rapidez e facilitar o processo de escolha do cliente;
  • facilitar a atualização do cardápio;
  • atender clientes estrangeiros, pois em alguns oferecem a opção de outros idiomas.

Além de reduzir custos com materiais impressos, com o cardápio eletrônico você encanta os seus consumidores através de fotos que estimulem ainda mais o desejo de consumo.

4° Relatórios gerenciais

 O conhecimento é a melhor estratégia. João Appolinário

Como tomar decisões assertivas sem ter acesso aos dados do seu negócio? Baseado em achismos?

Segundo Martin Lindstrom, autor do livro “ A lógica do consumo” , “ o que as pessoas dizem que fazem e o que elas realmente fazem são duas coisas diferentes”.

Assim, se bem elaborados e com os indicadores corretos, os relatórios lhe ajudam a conhecer o comportamento de consumo do cliente em seu food service e compreender a performance da sua empresa em um determinado período.

Dica: Otimize a análise de dados do seu food service com relatórios gerenciais


5°  Compatibilidade com as normas fiscais

Todo e qualquer sistema para restaurante, independente do valor precisa ser compatível as normas fiscais estabelecidas pelos órgãos competentes. Essa é a primeira pergunta que você precisa fazer, se não tiver, nem perca seu tempo, descarte logo.

– Ah, mas o sistema tem tudo que eu preciso, o fornecedor disse que as normas fiscais são apenas um detalhe!

Quero ver você dizer que é só um detalhe quando vierem as dores de cabeça,  multas, apreensão de mercadorias e outras penalidades legais por não estar devidamente regularizado. Por isso, não aceite um software irregular nem de graça,não vale a pena.

Por fim, observe também se a empresa fornecedora do programa busca atualizá-lo constantemente junto aos orgãos competentes, especialmente junto a Secretaria da Fazenda (SEFAZ).

Dica: Guia completo sobre a legislação Anvisa para restaurantes

6° Veja se o sistema consegue trabalhar em um ambiente misto

O atendimento misto são diferentes tipos de atendimento no segmento de alimentação. Quais são eles?

  • Atendimento direto ou venda/balcão;
  • atendimento por comanda, que pode ser em mesa, por cartão de consumo ou por uma comanda de papel;
  • delivery;
  • atendimento por encomenda;
  • self- service, produtos de peso e balança;
  • à la carte.

Um bom sistema favorece que todos os tipos de atendimento operem simultaneamente, ele se adéqua ao cenário do cliente

Vamos relembrar os passos que você deve seguir para acertar na escolha do seu sistema de restaurante?

Antes de mais nada, iniciamos nossa conversa identificando os 15 sinais que mostram que você precisa de um sistema para o seu food service.

Além disso, continuamos mostrando importância de contratar um bom sistema para restaurante, resumidamente, são estes:

  • Não deixar seu food service estagnado;
  • automatizar processos;
  • registrar informações;
  • gerar meios de mensurar dados e resultados;
  • padronizar processos;
  • profissionalizar a gestão da empresa.

Em seguida ensinei você a escolher o sistema através de 8 perguntas essenciais:

  1. O software atende as necessidades do meu restaurante?
  2. Vou ter assistência técnica e suporte?
  3. Existe um programa de capacitação ou treinamento?
  4. O fornecedor do sistema de food service possui credibilidade no mercado?
  5. Ele possui uma interface intuitiva?
  6. O sistema para restaurante conta com uma operação dinâmica?
  7. Posso ter acesso às informações do meu food service por app ou plataforma online?
  8. O software integra todas as áreas do restaurante?

Os benefícios de comprar um bom programa para food service foi o próximo ponto abordado:

  • Redução de erros;
  • mais agilidade;
  • centralização de processos;
  • melhoria da experiência do cliente;
  • custo benefício;
  • otimização da gestão de estoque, compras e poder de barganha com o fornecedor;
  • aumenta a produtividade dos funcionários;
  • retorno sobre o investimento.

Para finalizar…

Listei as 6 funcionalidades indispensáveis para um sistema de restaurantes:

  1. Integrar com aplicativos delivery;
  2. gerenciar estoque com suporte a controle de insumo;
  3. cardápio digital;
  4. relatórios gerenciais;
  5. compatibilidade com as normas fiscais;
  6. trabalhar em um ambiente misto.

Neste conteúdo você viu tudo o que precisa fazer para escolher o sistema certo pro seu food service e alavancar gestão do seu negócio. 

Mas ainda não acabou, quero te convidar a dar um próximo passo, como lhe falei no início esse conteúdo seria o GPS que te conduzirá rumo ao destino, nesse caso, a escolha do melhor sistema para o seu restaurante. 

Mas como eu já disse, um veículo sem gasolina fica estagnado, e como eu quero que você não fique parado – e sei que você também quer seguir em frente – vou lhe apresentar o combustível que tem ajudado a mais de 3 mil empreendedores a alavancar as vendas do seu food service.

Eu vou deixar aqui o depoimento do Gilson Silva, dono de um Pub em Fortaleza que faz toda a gestão do seu Pub com o Easyassist.

Por fim, nada melhor do que conhecer um sistema através da opinião de quem usa, é só assistir o vídeo abaixo:https://www.youtube.com/embed/bKFeyoO4wUY?start=1&feature=oembed

Negócios não morrem porque se movem rápido. Eles morrem porque se movem devagar. Camila Farani

Obrigada por ter chegado até aqui, isso mostra o quanto você está empenhado para fazer sua empresa mover mais rápido.

E aí? Pronto para escolher o software do seu food service?

Me conta nos comentários e aproveita pra falar o que achou do conteúdo.

Artigos:

Categorias
Arquivos

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a navegação em nosso site, em serviços de terceiros e parceiros. Ao navegar pelo site, você autoriza a Agência Essencial a coletar tais informações e utiliza-las para estas finalidades. Em caso de duvidas, acesse nossa Politica de publicidade.